Os Herdeiros em busca de levar uma carta a Garcia

No meu livro “Diário de um Empreendedor em busca do (re)conhecimento inovador” apresento 2 tipos de herdeiros com características bem distintas: 1º) aquele que sabendo de seu direito de família aguarda sentado em berço esplêndido seu quinhão da herança, e 2º) aquele outro que mesmo sabendo que vai receber um dia sua herança, nunca parou de empreender, inovar e buscar seus (re)conhecimentos e sonhos. A diferença de posturas empreendedoras faz toda a diferença.

Enquanto no primeiro caso, os herdeiros sentem uma grande alegria de sua fortuna nos primeiros meses do recebimento, ao longo do tempo esta alegria vai se transformando em pesadelos e tristezas pelos problemas de dilapidação de seu patrimônio provenientes de sua falta de preparo e gestão da herança recebida. Por outro lado, os herdeiros no segundo caso estão em contínuo processo de aprendizagem, tendo a humildade, coragem, tolerância de debater seus pontos de vistas e refletir sobre o mundo e suas vidas.

“Neste domingo, dia 08/07, iniciaremos o programa GRATUITO de “Rodas de Conversa” na Livraria Argumento, às 18h. O objetivo é trocar experiências com “Herdeiros Empreendedores” que queiram “levar uma carta à Garcia”.

Explico o que é “levar a carta a Garcia”: Na guerra entre os EUA e a Espanha, a propósito da despótica colonização espanhola de Cuba, ocorreu o episódio que deu origem à frase “Levar a carta a Garcia”, divulgada por Elbert Hulbard em 1899.

O presidente americano, Mackinley, precisou de contactar com um dos chefes da guerrilha cubana, o general Garcia. Chamou um tal Soldado Rowan e passou-lhe uma carta para ser entregue, em Cuba, ao comandante rebelde.

Pelo que se conta, Rowan, sem nada perguntar, meteu a missiva numa bolsa impermeável e partiu para Cuba. Percorreu montes e vales, selvas e praias, mas, quatro dias depois, entregou a carta a Garcia e regressou aos EUA para dar conta do cumprimento da missão ao seu presidente.
É este o sentido da expressão Carta à Garcia:

“Cumprir eficazmente uma missão, por mais difícil ou impossível que possa parecer”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Cadastre-se e receba as atualizações